O QUE É SER "EVANGÉLICO" AFINAL ?

Perguntas e Respostas.

1) Por que se chamam "evangélicos" ?


A palavra “evangélico” remete à crença de que a fé cristã autêntica está fundamentada prioritariamente na Bíblia, sendo ela o parâmetro de interpretação dela própria. O Antigo Testamento relata a história da preparação da chegada do Senhor Jesus e o Novo Testamento revela a missão redentora de Cristo aos que n’Ele crerem.

2) O que significa “Evangelho” ?

É uma palavra derivada do grego euaggelion que significa literalmente “boas novas”, assim a boa nova é a mensagem de Jesus Cristo que dá sentido à vida.

3) Quando começou o movimento evangélico?

Após sua Ressurreição, Jesus Cristo ordenou aos discípulos: “Ide por todo o mundo, e pregai o evangelho a toda criatura”, pode-se dizer que aí começou o movimento evangélico, mas somente após a Reforma a expressão foi consagrada para designar as igrejas protestantes e suas descendentes até os dias de hoje.


4) Qual a diferença entre “Evangélicos”, “Crentes” e “Protestantes” ?

No Brasil, usa-se o termo “Evangélico” para designar qualquer entidade que se auto-denomine cristã e que não seja católica apostólica romana, mesmo que tais entidades sejam vagamente inspiradas no Evangelho ou admitam outras fontes de doutrina e prática. Mas a rigor, todas estas qualificações ( Evangélicos, Crentes e Protestantes), dizem respeito a pessoas que crêem nos Evangelhos como única fonte da fé cristã e cujos ideais foram historicamente estabelecidos na Reforma Protestante, iniciada por Martinho Lutero em 1517. [ Saiba mais sobre a Reforma Protestante clicando AQUI ]


5) Qual é, em suma, a diferença estabelecida pela Reforma Protestante ?

Resumidamente, a Reforma Protestante - em termos doutrinários - pregou que a relação da humanidade com o Criador só pode ter Um intermediário: Jesus Cristo, manifestado a cada um individualmente, por opção e pela fé, mediante a graça de Deus, conforme descrito nas Escrituras.


6) A única diferença entre evangélicos e católicos é a questão das imagens ?

Não. A crença cristã evangélica difere da crença católica em muitos pontos, pois à luz da Bíblia, muitas doutrinas católicas se mostram como fruto exclusivo das tradições culturais e da conveniência histórica.
Dentre as crenças católicas renegadas pelo cristianismo evangélico, por falta de respaldo bíblico, estão :
a adoração (ou veneração) de imagens; a intercessão de santos; a divinização de Maria; a salvação pelas boas obras; os “sacramentos” como cerimônias místicas; a confissão ao sacerdote; as “penitências”; as “indulgências”; o poder místico de objetos tidos como “sagrados”; o papa como substituto de Cristo; o celibato de sacerdotes; as orações repetitivas; a transformação real (e não simbólica ) do pão em carne e do vinho em sangue de Jesus Cristo, no ritual da eucaristia ( transubstanciação); o purgatório e o apego à forma dos rituais, em detrimento da essência do Evangelho e do estudo das Escrituras mediante a ação do Espírito Santo.


7) Porque existem tantas igrejas evangélicas diferentes ?

A liberdade religiosa permite que qualquer pessoa, independente de formação ou princípios, crie uma entidade e dê a ela o nome que bem entender, inclusive denominá-la “evangélica”. Independente disso, há várias denominações que tem legítima orientação bíblica, mas que diferem entre si por razões doutrinárias e de prática cristã.


8) Porque os Evangélicos dizem que a caridade não salva ?

A crença evangélica não aceita que a caridade deva ser uma espécie de “moeda de troca” com Deus. A caridade é uma obrigação do cristão, e não um meio de fazer-se cristão; uma consequencia natural. Jesus disse que a caridade é a única "cerimônia" que mostra quem é cristão. O cristão põe sua fé na GRAÇA de Deus, e não em seus próprios méritos.


9) A crença evangélica resiste ao crivo da ciência ? Ser cristão é ser contrário ao conhecimento científico ?

Esta é uma questão muito recorrente no debate religioso. O fato é que a ciência verdadeira, tida como a investigação racional destinada à descoberta da verdade, não se contrapõe em nenhum momento à crença cristã . Louis Pasteur dizia que um pouco de ciência nos afasta de Deus, muito nos aproxima. O que pode acontecer é a confusão entre cristianismo e superstições religiosas, entre ciência e pseudo-ciências. Agostinho, um dos pais da Igreja, dizia que "toda verdade é verdade de Deus". Assim, se a ciência busca a verdade, a ciência encontra Deus.


10) Porque tanto ocorrem escândalos envolvendo os chamados “evangélicos” e a exploração de pessoas humildes; com pastores milionários; venda de bençãos e promessas de curas e riqueza ?

Primeiramente deve ter-se em mente que não existe nenhum tipo de lei que proíba qualquer pessoa de fundar uma “igreja” e chamá-la de “evangélica”. Por isso, e pela garantia constitucional de liberdade religiosa, muitos oportunistas, de má-fé aproveitam e sob as mais bizarras doutrinas e promessas de milagres, riqueza e “libertação”, abrem verdadeiras empresas da fé.


O fato é que igrejas evangélicas sérias nunca dão ênfase à prosperidade material e muito menos oferecem a troca de ofertas em dinheiro por bênçãos. Uma igreja séria, tradicional ou não, deve estar centrada na pregação da Palavra da Salvação única e exclusivamente por Jesus Cristo.


11) Crer verdadeiramente em Jesus Cristo é submeter-se a um oceano de regras e restrições?


A aceitação de Jesus Cristo como condutor de sua vida é uma decisão séria, que deve ser consciente e que a Bíblia chama de “novo nascimento”. Esta nova pessoa que surge não conserva os vícios da antiga pessoa e busca a santificação por meio da edificação espiritual. Pode acreditar: a nova pessoa não sente saudades daquela outra que foi um dia.


12) Mas a crença em Jesus Cristo não estaria defasada ? Os tempos são bem diferentes de 2000 anos atrás...


O Homem- Deus Jesus Cristo mudou a História da humanidade e já mudou a vida de bilhões de pessoas através dos tempos, mostrando o verdadeiro propósito da existência. Jesus Cristo é o mesmo, ontem, hoje e sempre e Ele pode mudar a sua vida ainda hoje.


13) Porque a celebração evangélica é chamada de “Culto” ?

“Cultuar” significa “prestar homenagem”, “venerar” e é isso que um Culto evangélico pretende: homenagear e venerar ao Deus Pai Criador e Seu Filho Unigênito, Jesus Cristo. A Bíblia diz que onde duas ou três pessoas estiverem reunidas em nome de Jesus, Ele estará entre elas (Mateus cap.18 v.20).



14) Como se desenrola um Culto Evangélico ?

O Culto não é um ritual ou uma cerimônia mística; não exige paramentos ou objetos especiais, nem sacerdotes. O culto cristão é uma reunião solene de pessoas que vão louvar a Deus, ouvir a pregação do Evangelho e orar. Em geral o culto se constitui de três partes: 1) Louvor - onde se entoam cânticos que demonstram a alegria de estar em comunhão espiritual e exaltam o Poder de Deus sobre nossas vidas e 2) Mensagem - onde um preletor expõe um assunto espiritualmente relevante à luz da Bíblia; e 3) Oração – onde agradecemos e levamos a Deus nossas necessidades e angústias.


15) Todos os caminhos levam a Deus ?

Jesus Cristo disse: “Eu sou O caminho, a verdade e a vida, ninguém vem ao Pai senão por mim” (João 14.6).


------------------------------------------------------------------------



Mais perguntas e respostas sobre a doutrina cristã evangélica


CLIQUE AQUI.


Saiba mais sobre a doutrina de algumas denominações evangélicas, clique em cima das palavras:

Batistas 1 ; Batistas 2; Batistas Regulares.


Presbiterianos 1; Presbiterianos 2


Menonitas;


Metodistas:


Assembléia de Deus;


Igreja do Evangelho Quadrangular ;


Ser evangélico é entender e agir sobre o ASSUNTO MAIS IMPORTANTE DO MUNDO.


Um cristão é um seguidor de Cristo e para os evangélicos parece muito claro que os seguidores de Cristo são os que tiveram a experiência de serem iluminados por Deus a respeito da sua condição de perdição quando estavam sem Ele. Naquele momento, se arrependeram e aceitaram a salvação de Deus. A sua condição então mudou de afastados de Deus para comprados pelo precioso sangue de Cristo. (BrunoSpadoni).

6 comentários:

  1. Adorei a idéia, estava faltando um entrosamento maior entre todos nós.
    Quando todos buscam o mesmo caminho, a união vem fortalecer o objetivo comum.
    Deus abençoe a todos.
    Bia/Cerimonial.

    ResponderExcluir
  2. Osni Carlos Fanini Silva7 de abril de 2009 12:42

    Bendito o que vem em nome do Senhor. Amém por isso. Sempre devemos olhar com louvor às boas novas que surgem e essa é mais uma delas. Enquanto estamos perigosamente nos acostumando com notícias ruins, é gratificante ver nascer uma espaço do bem, voltado aos verdadeiros valores espirituais.

    ResponderExcluir
  3. Parabéns pela iniciativa.
    Seria ótimo se em cada repartição pública desse país tivesse um grupo assim. Com certeza não só o ambiente mas a Instituição como um todo seria beneficiada.
    Deus abençoe esse grupo e que vocês possam plantar a Palavra aos colegas.
    Fiquem na Paz.

    ResponderExcluir
  4. Muito bom esse blog! Vocês estão de parabéns! Gostaria de pedir a permissão de vocês para publicar em meu blog alguns dos seus comentários (inclusive, citando a fonte e o autor). Deus os abençoe mais!

    PS: Meu blog é BÍBLIA: MARTELO DIVINO

    ResponderExcluir
  5. Abraço Irmão Sidcley.
    Sinta-se a vontade para usar nosso blog em seu ministério. Sucesso com o "Martelo Divino".

    Volte sempre.

    [Fabricio Luz - Admin]

    ResponderExcluir
  6. Aprendizado que edifica e por intermédio da palavra de Deus muito bom este blog só veio acrescentar...Deus os abençoe...

    ResponderExcluir

ATENÇÃO: Este é um Blog cristão, de matriz evangélica. Se você tem ponderações ou algo a acrescentar sobre o conteúdo das postagens, sinta-se à vontade para manifestar seu ponto de vista. Mas é obrigatório o uso e o abuso da boa educação. Serão deletados - tão logo reconhecidos - os comentários ofensivos ou que infrinjam de algum modo a lei, não sem antes o registro do IP, hora e data do fato.